terça-feira, fevereiro 07, 2006

Sabe como a bruxa voa na chuva? De rodo! Ahahahahahaha... cof... cof...

(Demorei pra atualizar, não? Sabe como é... preguiçaaaa... ;p)

Eu acho muita graça nas besteiras da vida. Nem sei o porquê. Acho que viver já é tão sem sal que se você começar a notar mais as coisas simples, vai acabar criando uma atmosfera de diversão à sua volta, percebendo como a peculiaridade de cada coisa ou pessoa é interessante. Eu posso passar horas num ônibus urbano, só observando o trânsito de pessoas e viajando em pensamentos.

(O parágrafo acima poderia se resumir em: imaginação idiota e fértil + falta do que fazer = imbecil autista e egocêntrico que cria um mundinho próprio pra escapar das frustrações de sua vida)

Sim, agora vou chegar no ponto. Semana passada, eu e um colega enfrentamos uma longa estrada num táxi, daí engatamos uma conversa com o taxista, quase digna de filme de Quentin Tarantino, mas para chegar a este patamar precisaríamos citar milhares de referências da cultura pop, e como não houve alguma – a não ser que falar de um grupo de pagode em que um cara com paralisia infantil canta seja referência pop – foi apenas um papo de táxi mesmo. E tem coisa mais peculiar que conversa de táxi, ou portaria?

Frases pertinentes em nosso diálogo:

“Pô, o baiano trata o turista com privilégios, mas não tá nem aí pros nativos!”

“Caceta, tá tendo muita bicha em Salvador, culpa da novela!”

“O trânsito já tá foda ali, quero ver quando construírem o shopping!”

Será que só eu acho esses momentos da vida legais? E engraçados?

Pra terminar um brinde.

A piadinha da Mia Wallace.

Três tomates atravessavam a rua. O Tomate Pai, A Tomate Mãe e o Tomate Filho. O Filho ficou pra trás, então o pai teve que buscar. Ele voltou e disse: “Ketchup!”

AHAHAHAHHAHahaha... não entendeu?

Aprenda inglês então, bitch!

AHAHAHHAHSHAHSHAOSUHFUHAS... ahaaammmm... perdeu a graça...

Marquinhos ouvindo Arctic Monkeys - The View From the Afternoon


2 comentários:

Louise disse...

Hum...Eu gosto das piadinhas e da imaginação fertil!
Se as pessoas fossem pensar simples como vc...Estavamos todos bem! Adorei o post!
Affe! Num fiz uma crítica!

isa disse...

nem eu ...